hsm.

Pesquisar
Close this search box.

O que são canais de conteúdo e em quais devo estar?

HSM Marketing Integrado >

Notícias >

O que são canais de conteúdo e em quais devo estar?

Você é responsável pelo gerenciamento de ações de marketing e criação de estratégias para a empresa que trabalha? Se sim, deve saber que investir em produção de conteúdo relevante é fundamental para o alcance e engajamento de uma marca que quer se posicionar estrategicamente. Para distribuir todo o conteúdo de marketing do produto ou serviço do negócio que você atua, é preciso contar com os canais de conteúdo.

Os canais de conteúdo são caminhos e meios de distribuição para chegar até o cliente final. Certamente você já utiliza alguns deles em seu cotidiano e está familiarizado com algumas ferramentas e suas funcionalidades. Mas que tal usá-los como atração de novos consumidores do seu produto/serviço de uma forma estratégica e econômica? Ou ainda, entender melhor as exigências e demandas que seus clientes necessitam?

Pensando nisso, resolvemos apresentar alguns dos principais canais de conteúdo do momento, apontando seus benefícios e objetivos para você alcançar o sucesso em cada etapa da jornada do cliente. Assim, você descobre quais podem ser os mais indicados ao perfil da sua empresa. Pronto(a) para começar o seu planejamento de marketing? Vamos lá!

Redes Sociais

Para atender às expectativas do público on-line, não dá pra começar sem falar do canal de distribuição mais popular na hora de prospectar clientes. As redes sociais são canais de divulgação de conteúdo, sendo uma ferramenta de comunicação direta com seu público-alvo. 

O branding aqui é essencial na hora de passar uma mensagem positiva, de criar o desejo de consumo com ações que mostrem que sua marca tem um propósito consciente. A atuação nas redes sociais deve estimular a interação do consumidor com a marca, respondendo suas dúvidas e buscando a melhor solução para os seus clientes. 

Uma marca omissa nesse papel acabará obtendo resultados negativos com consumidores que serão mais detratores do que promotores da marca. Por isso, é importante você conhecer muito bem a sua persona, ou seja, identificar o seu público para direcionar as publicações com as linguagens visual e textual de acordo com o perfil do consumidor. Lembre-se de criar um cronograma para cada umas das mídias sociais que sua empresa for utilizar: Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter, por exemplo.

Blog de conteúdo

Ele é o ponto central de seu site na hora de divulgar o seu conteúdo. Uma das estratégias mais interessantes do mercado, o blog é uma ferramenta altamente personalizável, mas precisa de boas práticas de inbound e SEO (Search Engine Optimization) para que cumpra bem seu objetivo: conseguir tráfego para o site da sua marca. 

Esse tráfego pode ser orgânico ou patrocinado, mas costuma garantir uma boa colocação no ranking de ferramentas de busca como o Google. Isso pode gerar mais visitantes e potenciais leads para o seu site. Investir em link building também é fundamental para estar bem colocado no Google. Essa é a tarefa de criar links internos (no seu site) e externos de alta relevância.

Existem várias etapas para a geração de leads, mas uma das formas de atrair o público que você deseja alcançar é escrevendo artigos e blog posts relevantes e otimizados para aumentar o engajamento e o alcance. Escolher bem as palavras-chave faz com que o seu site apareça nos primeiros resultados do Google.

E-mail

Você pensa que o e-mail está ultrapassado? De jeito nenhum! Se você usá-lo de forma assertiva, seus leads chegarão através dos e-books, das newsletters, da divulgação de webinars, entre tantos outros. A prioridade aqui é o conteúdo rico.

Conteúdos ricos demonstram experiência sobre o tema abordado. É um material de qualidade e que realmente irá agregar valor para sua buyer persona, então nem pense em focar mais na propaganda da sua empresa do que no diálogo com seus clientes.

O e-mail é bastante usado nas empresas, é um veículo que transmite profissionalismo e confiança. Por isso, é comum conseguir atrair o público em horários comerciais, principalmente se seu foco for B2B (Business-to-business), ou seja, comércio entre empresas.

Você deve conquistar sua lista de e-mails e não comprá-las. Nada mais desagradável do que receber um e-mail de um desconhecido querendo lhe vender algo, certo? 

Para isso, é necessário montar uma boa estratégia de conteúdo, onde você pode solicitar inscrição em formulários de materiais ricos que você produziu. Daí, você consegue os leads e pode dar segmento à sua estratégia, sempre otimizando sua lista de e-mails e enviando conteúdos do interesse de cada cliente específico.

Diante de tudo isso, você deve ter percebido que a melhor forma de atrair clientes seria conquistando-os com materiais de qualidade, diferenciados, bem trabalhados e focados em trazer melhores experiências para seu público-alvo. Isso é fidelizar clientes, gerar valor e entender quais são as reais necessidades dos seus futuros consumidores, buscando solucioná-las.

Se você curtiu esse post e deseja saber mais ou ficou com dúvidas sobre o assunto, fale com a gente. Podemos ajudar você nesse desafio!

Compartilhar:

plugins premium WordPress